Saiba como conjugar padrões e cores na decoração

Criamos cinco cenários onde exemplificamos como conjugar vários padrões, inspire-se nas nossas propostas.

 
A escolha de padrões nos têxteis é um fator determinante para o sucesso de um espaço bem decorado. Estes, quando escolhidos inconscientemente, podem resultar numa decoração visualmente muito confusa, não queremos que caia nesse erro.
Entre tipos de tecido, cores, padrões e texturas tem de haver uma harmonia para que o conjunto final seja equilibrado, assim iremos destacar neste artigo opções que poderá conjugar dentro de vários estilos.

Tecidos estampados:
Os tecidos lisos são a melhor opção para conjugar com padrões muito cheios. A formula desta conjugação é simples: escolha entre uma a duas cores da base onde tem o padrão e transporte-as para outros suportes lisos. Como pode ver no exemplo nº1 das imagens, utilizamos um papel de parede com motivos florais, num padrão muito forte, e os restantes elementos com tons neutros e com as cores do papel.

Papel de parede texturado:
Ao utilizar papel de parede texturado, tem a possibilidade de aplicar padrão mais livremente noutro suporte, no exemplo nº2, sugerimos umas almofadas com padrão geométrico que tem como cor de fundo o mesmo tom do papel de parede.

Preto e Branco:
Aplicar um papel de parede preto e branco, independentemente do padrão, permite-lhe brincar com todas as outras cores. No exemplo nº3, mostramos-lhe um papel de parede com uma presença muito marcada no ambiente, a nossa opção foi manter os restantes elementos decorativos mais simples e aplicar uma cor de destaque, que poderá facilmente mudar ao longo do tempo.

Tapetes com padrão:
Se optar por usar padrão num tapete, certifique-se que em redor não exista outro elemento que o ofusque visualmente. Por se tratar de uma grande área, um tapete com padrão chamativo só por si torna-se facilmente o protagonista na decoração. Caso queira acrescentar algum detalhe, use padrões figurativos como pode ver no nosso exemplo nº4.

Sofás com cores vivas:
Para não saturar, costumamos utilizar tecidos estampados e de cores vivas em superfícies menores, mas uma vez ou outra temos peças que “pedem” algum carisma. Aplicar padrões ou tecidos coloridos em sofás pode ser um risco, pois rapidamente se poderá cansar mais facilmente do que se este tivesse uma cor neutra. Mas para que gosta de arriscar, o segredo está na decoração envolvente: utilize sempre cores neutras, veja o exemplo nº5
FONTE: SAPOMULHER

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como criar um terraço mediterrânico